Lobo Brasil
.



Lobo Internacional: Español
.


INFORMAÇÕES
Pergs. & Resps.
Enciclopédia
Notícias
Curiosidades
Bibliografia
Artigos
Entrevistas

REVISTAS
Lista completa
Gibi por gibi
Referências
Todas seções

ALÉM DOS GIBIS
Cinema
Cards
Jogos
Todas seções

IMAGENS
Geral
Pensamentos
Arte original
Todas seções

NO MUNDO
Brasil
Estados Unidos
Portugal
Todos países

DOWNLOADS

LINKS

FALE CONOSCO
.


Informações - notícias
Análise da participação de Lobo em “52” #17
ATENÇÃO: IMAGENS COM SPOILERS

(31/08/2006)

"52" #17Para quem não sabe, se é que alguém ainda não sabe, a maxissérie “52”, cuja duração é de exatas 52 edições semanais, apresenta o que aconteceu no “ano pulado” da cronologia DC após o encerramento da mini “Crise Infinita”.

Diversos personagens da editora estão sofrendo pequenas mudanças ou aperfeiçoamentos, tudo organizado principalmente por Grant Morrison, Keith Giffen, Geoff Johns, Greg Rucka e Mark Waid. Após algum tempo sem ter certeza se Lobo se encaixaria nesse “novo” Universo DC, mais sério e mais coerente (ao menos em princípio), acabou-se definindo que, sim, o Maioral teria uma nova chance. E sua “repaginada” ficou a cargo de Grant Morrison.

Após muita espera, finalmente Lobo apareceu na 17ª edição de “52” com bastante destaque. Foi colocado na capa e ganhou uma biografia de duas páginas (a cada edição, um personagem diferente tem sua origem contada em duas páginas por Mark Waid e desenhada por um diferente artista, no caso de Lobo a escolha óbvia foi Keith Giffen).

Lobo em "52" #17Se você ainda não leu a revista deve estar se perguntando: “E aí? Lobo continua o mesmo f*%@* de sempre?”. Pode ter certeza que sim. Grant Morrison respeitou a essência do personagem. Mas, para continuar a comentar a revista, vou ter que usar spoilers. Portanto, só leia a partir de agora se você já leu essa edição ou se você não se importa com isso.

Uma das histórias paralelas de “52” concentra-se em Adam Strange, Homem-Animal e Estelar, que ficaram isolado num planeta desconhecido após eventos de “Crise Infinita”. Durante várias semanas (a história é contada em “tempo real”, com uma semana por edição), eles consertaram uma nave e escaparam de um gigantes poderoso que queria destruí-los.

Quando finalmente colocaram a nave para funcionar, se descobriram num canto do universo extremamente isolado, o que dificultou suas vidas, já que a nave não teria a capacidade de ir muito longe, sendo mais um “bote salva-vidas” enquanto eles esperavam que alguém os resgatasse.

Lobo em "52" #17Depois de alguns dias, o gigante poderoso (cujo nome é Devilance - não sei se terá outro nome após a tradução para o português) os encontrou e estava prestes a matá-los, quando surge Lobo. O Maioral detona com Devilance e arranca sua cabeça. Adam Strange e Estelar ficam assustados (o Homem-Animal só não fica porque não conhece Lobo, mas Adam explica com detalhes quem Lobo é). Apesar do medo, Estelar vai conversar com ele.

Após uma negociação (envolvendo dinheiro, claro) e um topless forçado (pois é), Lobo concorda em ajudá-los a encontrar um lugar com comida, água e suprimentos. Adam Strange não confia em Lobo, mas Estelar comenta ter a sensação de que, não apenas Lobo os ajudará, como também, por algum motivo, aparenta precisar da ajuda deles. Ou seja, Lobo aparecerá em outras edições, dando continuidade a essa história.

A partir da leitura dessa edição, descobrimos algumas coisas interessantes. Primeiro, está definitivamente oficializado que Lobo realmente foi banido por Céu e Inferno e por isso não pode morrer. Além disso, Lobo continua violento, tarado e inconseqüente, mas parece ter alguma coisa o incomodando, mas isso só descobriremos com o desenrolar da maxissérie.

Vale o registro de que a história curta da origem do personagem são duas das páginas mais divertidas já escritas e desenhadas sobre o Maioral. Você pode conferir essas páginas (em inglês) abaixo. Clique para vê-las maiores.

Origem de Lobo em "52" #17 - página 1    Origem de Lobo em "52" #17 - página 2

A partir de agora, a cada semana em que a edição de “52” trouxer alguma referência a Lobo, publicaremos uma “análise” de sua participação. Mas vale lembrar que, como há várias histórias paralelas, nem sempre todos os personagens aparecem a cada edição.
.

Lobo Brasil, trazendo serviços indispensáveis à internet desde 29 de outubro de 1997.
Todos personagens citados são, em sua maioria,
© DC Comics, publicados sem autorização, mas com todo respeito ;)
As informações contidas nesse site podem ser usadas livremente, desde que se cite a fonte, preferentemente com link.

Lobo Brasil © 1997-2008, Lucio Luiz